Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal que foi criado em 2009, com o objetivo de incentivar famílias de baixa renda a adquirirem a casa própria, oferecendo subsídios que variam de acordo com o valor da renda familiar e localidade. Atualizado no ano de 2012, o programa define atualmente 4 (quatro) faixas de renda que determinam os benefícios e subsídios que cada participante irá obter do governo.

A primeira faixa de renda do programa Minha Casa Minha Vida corresponde às famílias participantes cuja renda familiar varia até R$ 1.600,00 reais. É nessa parte da população nacional que o programa do governo se concentra, uma vez que corresponde a quase 90% do déficit habitacional do país.

Para esse primeiro grupo beneficiado pelo Programa Minha Casa Minha Vida, o governo garante até R$ 25 mil de subsídio para compra de imóveis, reduzindo gradativamente de acordo com a renda e localidade do beneficiado. Na primeira fase o valor era de R$ 23 mil para a menor faixa de renda do programa.

Simulador Caixa - Minha Casa Minha VidaA segunda faixa do programa corresponde aos grupos familiares cuja renda varia de R$ 1.600,01 a R$ 2.455,00, na terceira, famílias com renda entre R$ 2.455,01 a R$ 3.100,00 e a quarta, famílias com renda total até R$ 5.000,00. Outra alteração realizada no programa foi a redução da taxa de juros mais alta, que caíram de 8,16% para 7,16%.

Um grupo especial de famílias com renda até R$ 1.395,00 irá receber pelo menos 60% das unidades habitacionais oferecidas pelo programa. Nele as pessoas poderão receber subsídio de até 95% do valor do imóvel, podendo liquidar a dívida em até 120 meses.

Minha Casa Minha Vida – Valor Máximo de Imóvel

Outra alteração muito importante que o programa Minha Casa Minha Vida sofreu e já estão atualizados no Simulador Caixa, diz respeito ao aumento do limite de valor dos empreendimentos.

Os valores subiram de R$ 170 mil para R$ 190 mil nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. Para as demais cidades com população maior ou igual à 1 milhão de habitantes, os valores subiram de R$ 150 mil para R$ 170 mil.

Para as cidades com 250 mil habitantes ou mais, o valor máximo agora é R$ 145 mil, enquanto  as cidades com 50 mil habitantes tiveram os valores reajustados para R$ 115 mil. As demais cidades tiveram a alteração de valor de imóvel máximo para R$ 90 mil. Assista o vídeo abaixo sobre a notícia veiculada na TV NBR.

O vídeo acima relata as mudanças que ocorreram na atualização do programa para o Minha Casa, Minha Vida 2 citadas até aqui.

Como participar do Minha Casa Minha Vida

Antes de entrar no programa o interessado não pode ter nenhum imóvel quitado ou em financiamento no seu nome. Isso porque o programa destina-se a pessoas que querem adquirir o primeiro imóvel. Além disso, as pessoas que desejam fazer sua inscrição no Minha Casa Minha Vida não podem ter o nome nos sistemas de proteção ao crédito, como o SPC  e Serasa, por exemplo.

Depois a pessoa precisa se enquadrar em uma das faixas de renda já mencionadas acima. São essa faixas que vão definir o valor do subsídio concedido pelo governo e também as taxas de juros que serão aplicadas durante o financiamento.

Antes de dar entrada nos papéis, você pode realizar a simulação de seu financiamento utilizando o Simulador para verificar valor e tempo de financiamento, taxa de juros que será aplicada e valor das parcelas. Tudo isso baseado na sua renda e localidade do imóvel em questão.

Documentos necessários para o Minha Casa Minha Vida

Depois de efetuar a simulação é hora de apresentar a documentação em uma agência da Caixa para dar entrada no negócio. Segue abaixo a lista dos documentos necessários para o Minha Casa Minha Vida.

  • RG ;
  • CPF;
  • Ficha de Cadastro Habitacional;
  • Extrato Atualizado do FGTS;
  • Comprovante de Renda;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de Residência (água, luz, telefone…);
  • Última declaração do Imposto de Renda;

Você pode visualizar a lista de documentos necessários também no site da Caixa clicando aqui.

Próxima etapa do Programa Minha Casa Minha Vida

Depois de toda a documentação entregue, a Caixa irá fazer uma análise de risco do financiamento antes de liberar o crédito. No caso de famílias de baixa renda, a Caixa não faz essa análise. Nesse caso as famílias só terão seu cadastro rejeitado caso participem de algum outro financiamento ou não tenha se cadastrado nos cadastros do governo.

Após a aprovação e liberação do crédito, a Caixa faz uma avaliação técnica no imóvel que você deseja comprar. Nessa etapa a Caixa poderá solicitar outros documentos do imóvel e dos vendedores (imobiliárias se for o caso). Toda a documentação para o Minha Casa Minha Vida deverá ser entregue no prazo estipulado pela instituição financeira.

Depois de a Caixa comprovar que o imóvel atende a todas as condições, ela agendará a assinatura do contrato com o comprador. Depois de ter o contrato assinado, você deverá levá-lo a um Cartório de Registro de Imóveis e depois retornar com o documento registrado para a Caixa. Depois do documento registrado ser devolvido a Caixa, o banco irá fazer a liberação do dinheiro na conta do vendedor.

Categorias: Financiamento CAIXA | 14 Comentários

Comentários (14)

  1. Pingback: Programa Minha Casa Minha Vida | Click Artigos

  2. Pingback: Conhecendo o Minha Casa Minha Vida | i9 Artigos

  3. fiz a simulação mas nao tive resposta do valor da simulação por genteleza me ajuda

    • Maria Rosária, qual seria a sua dúvida?!

  4. por favor quero financiar uma casa,o valor é 120 mil,minha renda é 1.041,00,eu dando 10%,quanto mais ou menos ficará a prestação da casa?

  5. oi gostaria de saber se é possível financiar um terreno pelo programa minha casa minha vida?

  6. Boa tarde será que a caixa aprovaria um financiamento no valor do imóvel de $160 mil, sendo que juntando minha renda com a da minha noiva da $2.200 ? Mais só que eu não tenho como dar os $48 mil de entrada como esta no simulado que eu fiz.

  7. Ola gostaria de encontrar uma casa na regiao de Ribeirao preto no valor de 90,00 financiada pela minha casa minha vida

  8. Comprei uma casa para minha filha em 2009 e ela foi beneficiada pelo subsidio do governo eu posso comprar uma casa para mim ou não receberei o subsidio tem prazo para receber o subsidio do governo.

    Obrigado

  9. Tenho um renda mensal de 1600.00, um imovel de R$80.000.00 financiado em 180 meses,tenho 48 anos,qual seria o valor da parcela?
    Seria no programa minha casa minha vida,nao tenho,nem nunca tive nenhum imovel no meu nome.

    • Pode utilizar o Simular Caixa para descobrir Leonidia.

  10. Tenho uma renda de 3200 mais não consegui o financiamento pq?

  11. Bom dia por gentileza gostaria de saber se consigo financiar um imovel de 160 mil pela caixa,mas nao tenho o valor total da entrada que e de 48 mil,existe uma outra forma para pagar essa entrada?E se tenhodireito ao subsidio do geverno?A minha renda junto com a do meu marido chega aproximadamente 6 mil reais mensal!Desde ja mto obrigada e aguardo anciosa por uma resposta. Atenciosamente CARLANE.

    • Carlane, você pode usar o FGTS também na entrada.

Deixe um comentário

Os campos marcados com * são obrigatórios.